De Perth a Lucky Bay – WA – Austrália

Uma vez em Perth eu não podia deixar de explorar os arredores e foi aí que eu e minha amiga Rê que morava lá decidimos alugar uma campervan por 6 dias e ir até Esperance. Fechamos tudo diretamente com a Backpackers World Travel.

Primeira parada foi no mercado para comprar comidas e lógico umas bebidinhas para a viagem também.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Eu e a Rê

DAY 1:

De lá dirigimos por 4 horas até Wave Rock, uma formação rochosa que se assemelha a uma onda, basicamente é isso que tem lá e como era fim do dia e tínhamos andado bastante, dormimos por ali mesmo.

IMG_2288
Wave Rock

DAY 2:

Dia seguinte seguimos por mais 4 horas até o famoso Pink Lake porém para nossa tristeza ele não estava nem um pouquinho rosa. Eu até tentei mexer na saturação da foto para ver se aparecia porém não rolou. Depois descobri que a cor dele dependa da época do ano, temperatura e quantidade de sal na água então muito importante verificar tudo isso antes de ir até lá só para ver o lago. Sorte que era caminho pois estávamos indo para Esperance mesmo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
“Pink” lake

Fomos para o Cape Le Grand National Park, um lugar que definitivamente tem que estar no seu roteiro dessa viagem pois foi lá que vi as praias mais lindas da Austrália tais como Lucky Bay, Thistle Cove e outras. E o melhor de tudo é que tem área de camping!

cape 2
thistlee
Thistle Beach
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Lucky Bay

Aproveitamos um dos estacionamento para cozinhar nosso almoço enquanto as moscas gigantes deixavam. Sempre perto do verão e aonde é muito quente elas aparecem e não diferente por lá. O pior é que essas moscas além de ficarem ao redor elas também picam mesmo em cima de calça jeans e casaco. Almoço pronto, maior calor e tivemos que comer dentro da campervan com o arcondicionado ligado rs.

cape cozinha
Hora do almoço

Paramos na Twilight Beach no caminho e em alguns outros pontos para ver o sol se por. Dormimos num estacionamento em Munglinup mas confesso que foi um pouco difícil descansar no começo tanto pelo barulho já que era próximo da estrada quanto pelo medo pois era bem escuro ali, mas deu tudo certo.

TWILIGHT
Twilight Beach
IMG_2426
Pôr do sol
IMG_2437

DAY 3:

Acordamos e passamos numa praia super linda mas que infelizmente não anotei o nome mas fica no caminho entre Munglinup e Little Beach – Two Peoples Bay Nature Reserva que era para aonde estávamos indo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Chegando lá fomos preparar o almoço do dia – hamburger na chapa do parque. Aqui na Austrália é muito comum que nos parques e praias tenham chapas para se fazer churrasco além lógico de banheiros e ducha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Hora do almoço

De barriga cheia, aproveitamos para curtir um pouco a praia mas minha amiga não se arriscou a entrar, estava bem gelada, ainda era primavera mas eu não resisto a um mar cristalino.

IMG_2439.JPG
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Little Beach

Seguimos em frente então procurando um lugar de graça para ficar, enquanto víamos um pôr do sol super diferente na estrada.  No caminho achamos um parque chamado West Cape Howe e entramos. Descemos até o fim da estrada e demos de cara com uma praia Shelly Beach e foi ali que passamos a noite.

IMG_2460
Pôr do sol

DAY 4:

Sem dúvidas foi o melhor lugar que escolhemos para dormir pois acordamos com o sol nascendo no mar, foi incrível. Sem falar na cor do mar, super cristalino, sem palavras! Tomamos café da manhã ali, curtimos um pouco a praia e seguimos em frente.

IMG_2465.JPG
Bom dia
IMG_2509
Shelley Beach
IMG_2485
E esse mar?
IMG_2476
Hora do café da manhã

Próxima parada: Greens Pool em Denmark! Um dos meus lugares favoritos também dessa trip. Uma praia super calma que estava cheia de crianças e famílias brincando, linda e com piscinas naturais formadas entres as pedras, perfeito. Ficamos curtindo um pouco por lá para descansar.

green1
Greens Pool
greens

De lá seguimos para o Valley of The Giants, um lugar cheio de árvores enormes que você pode caminhar sobre elas porém como era pago optamos por ver tudo debaixo mesmo e mesmo assim valeu a pena.

IMG_2576.JPG
Valley of the Giants

Acabamos pegando um lugar pago para dormir pois queríamos tomar banho quente.

PA090597.JPG
Rê Masterchef

DAY 5:

Acordamos cedo e fomos até a Gloucester Tree, uma árvore de 60m de altura que era utilizada antigamente para que pudessem avistar fogo na mapa. Hoje em dia é somente turística e não recomendam subir as escadas pois ela é meio complicada, mas lógico que subi – por minha conta e risco. Dá para ver bem longe e bem o topo das árvores, curti.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Gloucester Tree

Quase 2 horas mais de estrada chegamos no Cape Leeuwin Lighthouse, um farol de lá porém como era pago acabamos nem entrando. Fizemos só um lanchinho e seguimos até Hamelin Bay.

IMG_2598.JPG
Cape Leeuwin

Essa praia é popular pois lá é possível ver arraias na parte rasa porém outra coisa importante de se pesquisar é o horário e época que elas ficam por lá, visto que quando chegamos, nem sinal delas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Aviso de proteção as arraias
hamel.JPG
Hamelin Bay

Seguimos então para Margaret River aonde fizemos diversas degustações de chocolate, molhinhos, queijo e fudge nas fábricas locais. Uma tentação só! E que cidadezinha charmosa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Fudge Factory
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cheese Factory
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Chocolate Factory

Dirigimos por mais 1 hora até Meelup Beach e lá ficamos para dormir.

PA110679.JPG

DAY 6:

Acordamos, tomamos café e fomos visitar a Gnomesville, isso mesmo – a vila dos gnomos que fica perto de Bunbury. Tudo começou com um rapaz que deixou um gnomo no bosque que tem ali, ai retiraram, ele colocou novamente e ao invés de retiraram de novo, outras pessoas começaram a colocar gnomos. Hoje em dia é possível ver uma cidade inteira dos gnomos com prisão, estádio de futebol, entre muitas outras coisas, eu achei incrível! Infelizmente como não sabia, não deixei o meu gnominho ali mas a Rê minha amiga voltou lá depois de um tempo e colocou um pra mim 🙂

IMG_2616.JPG
Gnomesville
IMG_2630.JPG

No caminho de volta para Perth paramos em uma praia para fazer snorkel mas não valeu a pena pois tinham quase nada de peixinho. Dormi no estacionamento da casa da Rê e no dia seguinte de manhã devolvi a campervan para a empresa.

PA110721.JPG

A viagem foi inesquecível e valeu super a pena, recomendo e muito que as pessoas conheçam esse estado – Western Australia – pois é sem dúvida um dos mais bonitos do país. Rê obrigada pela companhia e até a próxima!

3 comentários sobre “De Perth a Lucky Bay – WA – Austrália

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s