Perth – WA – Austrália

Peguei um vôo de 5 horas de Sydney para Perth pela Jetstar, é quase mais perto ir para a Ásia do que para o outro lado da Austrália. Essa minha viagem foi uma experiência um tanto quanto diferente a começar da acomodação. Como chegaríamos tarde, reservei uma noite no The Old Swan Barracks Hostel porém ficamos mais umas 4 noites na casa de uma pessoa, até então, completamente desconhecida. Já conto mais.

Chegamos mais de meia noite e do aeroporto pegamos um ônibus até o centro e de lá caminhamos até o hostel. No dia seguinte de manhã fomos explorar o bairro cool da cidade – Northbridge. Vimos bastante street art – que eu adoro – e vários barzinhos super descolados.

IMG_2028
Pelas ruas de Northbridge

IMG_2036

De lá caminhamos até Elizabeth Quay que no momento está em reforma mas de acordo com as fotos nos tapumes, vai ficar linda, um projeto super bacana. Vimos a Bell Tower mas tava tudo uma bagunça. Demos um pulo no Halo Restaurant para encontrar um conhecido – o Bouba – que trabalha lá e marcamos um jantar na casa dele para o fim de semana.

IMG_2042
Bell Tower

Bem que diziam que Western Australia era bem quente, estava um calor sem fim. Fomos até o principal parque da cidade: Kings Park e parecia não ter fim. Caminhamos por muito – leia-se muito mesmo – tempo e não saíamos dele. Vimos uma cacatua preta – típica dessa região – foi incrível. Tem um lugar que tem vistas bem bonitas da cidade porém não achamos o local exato mas mesmo assim valeu passar por lá.

IMG_2050.JPG
Vista do Kings Park

Quando finalmente achamos o “fim” do parque, saímos na avenida em frente a Crawley Edge Boatshed ou Blue Boat House como é conhecida. É um charme essa casinha azul dentro do rio. O caminho até ela agora está interditado, acho que algumas pessoas devem ter se machucado ou caído no rio.

IMG_2070.JPG
Blue Boat House

Aproveitamos o calor sem fim para pegar um ônibus para a Cottesloe Beach que fica uns 40 minutos do centro. A praia é bem extensa e muito linda e por ser school holidays estava bem cheia. Fomos no trabalho de uma antiga amiga – a Rê – mas estava tão cheio que só deu para dar oi.  Curtimos mais um pouco a praia e voltamos para o hostel para pegar nossas coisas e ir para a casa da Natasha (a desconhecida que falei no começo).

IMG_2102.JPG
Cottesloe Beach

Bom, aqui na Austrália tem comunidade de brasileiros para cada cidade e resolvi postar na de Perth que estava indo para lá e ver se alguém podia nos receber já que via várias pessoas vindo para Sydney e ficando com, até então, desconhecidos.  Queria ver qual era dessa idéia e foi sensacional. Assim que postei a Natasha respondeu na hora dizendo que podíamos ficar na casa dela de graça e foi aquela sensação estranha: e se ela for chata? e se ela roubar minhas coisas? e se ela for uma louca? e se…e se…?  Mas queria ver no que dava e fomos de ônibus até a casa dela. Toc toc toc. Bati na porta e a ansiedade só aumentava. Eis que me abre a porta uma menina com um sorriso enorme e super solicita. Naquela hora senti um alívio enorme, ela me apresentou o namorado dela, o Vlad, super gente boa também e a Evelyn, a flatmate dela, uma fofa. Enquanto olhava para a sala para ver em qual sofá iria dormir, ela me chama e diz que uma das meninas que morava com ela, a Marcela, estava viajando e tinha cedido o quarto dela para nós – isso mesmo que você leu! Uma pessoa que eu nem sequer falei ou conheci, quis me ajudar mais do que já estava sendo ajudada em ficar lá com eles. “Fazer o bem sem olhar a quem”

PA050311.JPG
Natasha, Vlad e Evelyn

Banho tomado, super bem instalada e eles ainda nos convidaram para jantar na casa de um amigo – o Jefferson, ou melhor, Jejé. Eles fizeram comida mexicana e ficou sensacional (até pedi a receita esses dias para recriar aqui). Fiquei sem palavras, sou eternamente grata a eles por tudo.

No dia seguinte acordamos super cedo para ir para Rottnest Island e no outro dia fomos com a Rê fazer uma viagem de carro para o norte de Perth e deixamos nossas coisas na Natasha.  Quando voltamos fomos conhecer um pouco mais de Perth, passeando pelo centro vimos uma rua que lembra as ruas de Londres, chamada London Court.

PA050280.JPG
London Court

Passamos pela St Mary´s Cathedral no caminho para a Heirisson Island. Lá tem um parque aberto aonde ficam alguns cangurus, bem no meio da cidade. Vi só dois deitados, nada amigáveis, diferente dos do Morisset Park hehe. A ilha é toda cercada por grades para eles não fugirem, achei meio sinistro mas o lugar em si é bonito e tem uma vista legal da cidade.

PA050296.JPG
St Mary´s Cathedral
PA050300.JPG
Heirisson Island

De lá, pegamos o trem para jantar com o Bouba e sua família. Foi super gostoso, ele é Chef e fez uma comida deliciosa com direito a petit gateau de sobremesa.

PA050309.JPG
Bouba e família

Um lugar legal também em Perth é a região de Freemantle, foi de lá que pegamos a balsa para Rottnest Island que irei falar depois melhor. A viagem para Perth foi super gostosa pois reencontramos pessoas, fizemos novas amizades, exploramos lugares incríveis além da aventura de morar por uma semana numa campervan. Aguardem as próximas postagens com várias dicas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s