De Perth a Kalbarri – WA – Austrália

Alugamos um carro na Budget Car Rentals em Perth para conhecer mais o estado de Western Austrália e lá fomos nós – a Rê foi conosco – para o norte. Não tínhamos muito um roteiro, só alguns lugares que queríamos muito ir.

Primeira parada foi depois de 1 hora de estrada em Yanchep Lagoon – uma praia linda de um mar azul azul. Caminhamos um pouco na praia e fomos até o Yanchep National Park ($6 entrada e dá direito a entrar em outros National Parks no mesmo dia).

pa030172.jpg
Yanchep Lagoon

O mais bonito desse parque foi ver o coala de pertinho e no seu habitat natural. Lá estava ele, comendo sua folhinha tranquilo. Foi o tempo de ver ele comendo, tirar uma foto e ele voltar a dormir – eles dormem cerca de 18hs por dia.

IMG_2153.JPG
Yanchep National Park

Mais uma hora depois, paramos numa praia super paradisíaca de areia branca chamada Lancelin Beach. Não tinha uma alma viva naquele lugar, uma paz, tranquilidade sem fim. A maioria das praias que visitei nesse estado estavam vazias mesmo sendo feriado, adorei.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Praia vazia
pa030190.jpg
Lancelin Beach

Um dos lugares que queríamos muito ir era o Nambung National Park (que pudemos usar o mesmo ticket do outro parque) pois lá fica os The Pinnacles. Até hoje não se sabe com certeza como essas formações ficaram desse jeito e da onde surgiram. É uma parte de deserto no meio de muita plantação e verde, próximo ao mar.

IMG_2182
The Pinnacles
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Dirigindo pelo Nambung National Park

Paramos na cidade de Cervantes para comprar umas coisinhas para comer e fomos até o Lake Thetis pois vimos uma placa curiosa dizendo sobre as “stromatolites” e queríamos ver o que era. Segundo o wikipédia: “Estromatólito pode ser definido como uma rocha fóssil formada por atividades de microrganismos em ambientes aquáticos, que, quando acumulados no fundo de mares rasos, formam uma espécie de recife”. Já na cultura local, os aborígenes acreditam que uma enorme serpente criou os rios e seus canais e essa região foi escolhida para que a serpente deixasse seus ovos (os estromatólitos). Viajar é aprender sempre.

PA030218.JPG
Stromatolites no Lake Thetis

De lá dirigimos mais 2h30 até a cidade de Geraldton aonde assistimos o sol se pôr na Tarcoola Beach. Rodamos em busca de um hostel para passar a noite e não achávamos. Encontramos um hotel Ocean View Villas na beira da estrada e foi lá mesmo que ficamos. Super confortável, com cozinha e tudo mais. Fomos jantar no Bite´z, super gostoso e umas porções bem caprichadas – recomendo.

IMG_2190.JPG
Tarcoola Beach

Acordamos cedo no dia seguinte e continuamos nossa jornada. Menos de 2 horas de viagem e chegamos o que foi nossa parada final: Kalbarri. Eu queria muito ver a Natures Window e fomos em busca dela. Chegamos no Kalbarri National Park e me lembrou a Great Ocean Road no estado de Victoria pelas diversas formações na costa porém completamente diferente por ser uma paisagem bem mais seca, desértica. Incrível como nos 600km que percorremos pela costa oeste a vegetação mudou diversas vezes, nas fotos vocês podem perceber a diferença de um lugar para o outro.

Paramos na Natural Bridge e caminhamos pela passarela até outras formações como Shellhouse e Island Rock. Pensa em um lugar que tem mosquito, é lá, inacreditável a quantidade! Era impossível falar pois eles entravam na boca, no ouvido, não dava nem para ficar muito tempo parado.

IMG_2259.JPG
Kalbarri National Park
IMG_2235.JPG
Island Rock
IMG_2226.JPG
Natural Bridge

Seguimos parque a dentro e achamos o caminho para a Nature Window. Para ter acesso pega-se uma estrada a direita, saindo da costa. Depois de comprar o ticket ($6 entrada) o senhor da portaria deu tchau e disse “Be careful with the gravel”. Ninguém sabia o que era gravel, estávamos no meio do nada, uma estrada deserta e ficamos pensando que talvez seria um bicho. 15 minutos de estrada foi suficiente para descobrir o que ele queria dizer… Era uma estrada de pedras, muita poeira, super difícil e não dava para passar de 15km/h – a não ser que você vá de 4×4. Foram uns 40 minutos nessa estrada.

Chegando lá tem uma trilhazinha, cheia de moscas, e num calor que pareciamos estar no deserto – acho que foi uma das vezes que mais senti calor na vida. Finalmente vimos a tal da Nature Window que dá vista para o Hawks Head, uma vista muito bonita e diferente de tudo que já vi com seus vários tons de marrom. Valeu a visita!

IMG_2267
Nature Window

Chegamos de madrugada em Perth, afinal foram quase 7 horas de viagem de volta e um total de mais de 1300km percorridos em dois dias. Adorei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s