Marvão – Portugal e Valencia de Alcantara – Espanha

Acordamos cedo e decidimos passar uma tarde na Espanha já que faz fronteira com Portugal – benefícios de se morar na Europa hehe e uma das coisas que mais amo.
A fronteira mais próxima de Óbidos aonde moramos é por Marvão e fica cerca de 2h de distância com apenas um pedágio de €6 (adorei essa parte já que os pedágios em Portugal são caros e bem frequentes nas estradas).
Fomos primeiro direto para Valencia de Alcantara na Espanha e a fronteira apesar de ter uma base não havia ninguém porém assim que cruzamos tinha polícia local mas parando aleatoriamente os carros – e bicicletas – que passavam por ali.

Divisa de Portugal e Espanha

ESPANHA:
Chegando em Valencia de Alcantara, deixamos o carro próximo ao Conventual de Santa Clara e pegamos um mapa da cidade no Centro de Informações Turísticas mas dá para se basear no mapa da cidade. Começamos pela Plaza de la Constitución e fomos andar para explorar. Entramos na Iglesia de La Encarnación e estava tendo missa então não vimos muito por dentro.

Mapa da cidade
Alameda dos Freixos

Caminhamos pelas ruas que tem a Arquitectura Tradicional da cidade – portas em formatos de arco na sua maioria pequenas como podem ver na foto. Fomos até a Puente Romano o de Abajo – uma ponte super antiga feita de pedras aonde separa o centro histórico – ou Barrio Gótico como é conhecido – do restante da cidade.

O ponto alto seriam o Castillo Fortaleza, a Iglesia de Rocamador e a Torre del Homenaje que infelizmente estavam fechados – acredito que por ser domingo – então só vimos de fora mas parecia muito bonito por dentro e teria valido mais a viagem.

Na volta para pegar o carro, paramos na Puerta de Las Huertas, que fazia parte antigamente da muralha que cercava a cidade e era uma das portas de entrada/saída para o castelo. Fomos até o Convento de San Francisco porém está aparentemente abandonado. Acabamos fazendo um piquenique ali na praça ao lado e voltamos para Portugal.

Puerta de Las Huertas


PORTUGAL:
Primeira parada foi nas Ruínas de Ammaia que também parece não estar mais aberto ao público – são parte de ruínas romanas que foram recuperadas de uma antiga cidade chamada Ammaia. De lá passamos em uma rua super bonita e arborizada chama Alameda dos Freixos para uma breve foto e contemplação do lugar e seguimos até o Castelo de Marvão.

Alameda dos Freixos

O acesso a muralha e a cidade medieval dentro do castelo é gratuita, paga-se somente para visitar o castelo (€1.50 por pessoa). Achei que lembra bastante a cidade medieval de Óbidos porém lá no inverno chega a nevar e faz bastante frio, além de ventar pois fica bem no topo de uma montanha e tem uma vista linda.

Depois de muito subir, decidimos ir até a Piscina Fluvial da Portagem para um mergulho gelado no rio para refrescar com direito a vista para o castelo. E foi isso nosso dia.
Próximo ali tem também outro castelo medieval em Vide além também das atrações naturais do Parque Natural da Serra de São Mamede. Mesmo rapidinho, gostei bastante de conhecer essas duas cidades fora do roteiro turístico de ambos países.

Um comentário em “Marvão – Portugal e Valencia de Alcantara – Espanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s