Ilha das Berlengas – Portugal

Fiquei sabendo desse lugar quando fui pesquisar sobre Peniche já que o Arquipélago das Berlengas faz parte da cidade e sai dali perto do Forte. Aproveitei que meu pai e madrasta estavam aqui para fazermos esse passeio juntos. Compramos o trajeto de barco com a Viamar (€15 pp ida e volta) e achei bom por ser um barco maior do que os outros e por conta disso leva também mais tempo – em torno de 45min a 1 hora.

Uma boa parte do pessoal passou mal na ida de enjôo – inclusive o Vini – porque o mar é bem agitado então não recomendo muito para quem já enjoa com frequência. Ouvi relatos que os barcos menores levam cerca de 20 minutos porém você acaba se molhando inteiro – é mais adrenalina.

Pedra do Elefante

Pegamos o barco meio dia (tinha horário também as 10 da manhã) e chegando lá fomos direto pra única praia da ilha. Ela tem bem pouco espaço na areia e conforme a maré vai subindo, vai diminuindo, então recomendo curtir a Praia da Berlenga Grande primeiro um pouco até porque no fim de tarde o sol quase já não batia nela. O caminho até a praia é plano e bem tranquilo e leva nem 5 minutos. Não achei o mar tão gelado quanto no continente português mas mesmo assim é geladinho.

Praia da Berlenga Grande

Depois de ter aproveitado a praia fomos fazer o Caminho do Forte São João Batista passando pelo Farol da Berlenga. O trajeto até o Farol é asfaltado e depois de terra mas bem tranquilo apesar de ser só subida, recomendo ir de tênis por ser mais confortável. Indo devagar e apreciando a vista leva uns 10 minutinhos até o farol e acredito que mais uns 15-20 até o forte que acabamos não indo.

Praia da Berlenga Grande
A caminho do Farol

Voltamos e fizemos o Caminho até o Melreu e Buzinas aonde se tem uma vista bem bonita da ilha. O trajeto também é tranquilo e é só ficar esperto com as pedrinhas soltas para não escorregar.

Vista do Melreu

Meu pai e a Sô ficaram no restaurante tomando um sorvete e nós três descemos pois eu queria dar mais um mergulho nesse mar maravilhoso! Ficamos ali mesmo perto de aonde os barcos chegam aproveitando. É possível também fazer um passeio de barco para conhecer as grutas (€9 pp), snorkel ou quem sabe passar uns dias na ilha já que tem acomodação incluindo camping por lá.

Voltamos as 17:30 e levou 50 minutos e foi super tranquila, dessa vez ninguém passou mal. Os marinheiros recomendaram sempre ir na parte de cima, não na de baixo ou na parte fechada. Ah, deixamos o carro no estacionamento por essas quase 7 horas e custou apenas €1.20 no total então vale a pena. A ilha é bem bonita e para nós passar uma tarde foi suficiente, recomendo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s