Coimbra e Aveiro – Portugal

COIMBRA:
Já que meu pai e madrasta estavam em casa, fomos conhecer um pouco mais de duas cidades Coimbra e Aveiro. No primeiro dia fomos direto para Coimbra e como era do almoço paramos no Mercado Municipal Dom Pedro V para comer. Pedi um hambúrguer e estava bem gostoso.

Saímos de lá e rodamos um tempo para achar vaga e acabamos achando na Praça da República. Demos uma breve passada no Jardim da Sereia e subimos as Escadas Monumentais a caminho do Paço das Escolas.

Jardim da Sereia
Escadas Monumentais

Para quem não sabe, Coimbra é super famosa pela sua Universidade que possui várias Faculdades incluindo medicina, arquitetura, psicologia e outras e elas juntas formam o Paço das Escolas. Por ali também tem diversos museus e a famosa Biblioteca Joanina – uma das mais ricas da Europa com mais de 70 mil volumes. Para ter acesso a ela é necessário comprar ticket e como estávamos com pouco tempo acabamos não indo.

Paço das Escolas e a Biblioteca Joanina
Faculdade de Letras e Faculdade de Medicina

Passamos em frente a Igreja da Sé antiga e visitamos a nova – elas ficam bem próximas. Uma riqueza enorme de detalhes e cheia de ouro. Demos uma breve passada para apreciar a vista do Museu Nacional Machado de Castro antes de voltarmos embora. A cidade parece bem viva e animada e quero voltar para explorar mais.

AVEIRO:
No dia seguinte acordamos e fomos para Aveiro, como estava sol a primeira parada foi na Praia da Costa Nova famosa por suas casas típicas – e que achei super charmosas. Elas ficam na verdade de frente para a laguna Ria de Aveiro e não para a praia em si. Estava ventando bastante e acabamos nem ficando muito – nem entrei no mar.

Decidimos ir caminhar pela rua em frente a Ria de Aveiro e gostei bastante. Aproveitamos para almoçar no Restaurante Forno e Grelha, achei o preço bem justo. Pedi um bacalhau com batatas e o pedaço era bem grande – dava até para dividir.

Pegamos o carro e fomos até o centrinho aonde ficam os barcos moliceiros que originalmente serviam para colher algas e hoje são utilizados no turismo. Um detalhe curioso é que cada barco tem uma pintura sempre coloridas – inclusive alguns com conotação sexual ou coisas engraçadas. Por conta dos moliceiros, Aveiro é conhecida como a Veneza de Portugal. Lá também tem o Museu de Arte Nova e diversos prédios desse estilo pela cidade – eu acho super lindo!

Uma vez em Aveiro, tivemos que ir comer os famosos doces de Ovos Moles, tradicionais da cidade e escolhemos a Pastelaria Rossio. Eu pedi um beijinho e achei bem curioso pois tem sim gosto de gema porém não é forte, não dá aquela sensação de estar comendo ovo. Experimentei mas não é algo que comeria de novo.

Caminhamos pela cidade até um Mural que retratava algumas das coisas típicas da cidade: ovos moles, sal e os moliceiros. Sim, por lá também tem as Salinas que podem inclusive serem visitadas. Depois subimos pelo Parque de Santo Antonio, vimos a Igreja Carmelita de Aveiro até chegar de volta no Cais dos Moliceiros. Ah, no caminho passamos pela Waffleria 100 Vergonha que tem uns waffles temáticos de “pirulino, xerolaine, peitinho e porque não, coração” que você pode montar do seu jeito hehe.

A cidade estava bem cheia e movimentada e gostei bastante também, inclusive quando vim para Portugal havia pensado em morar lá pois o custo de vida ainda não está muito alto mas acabei mudando de idéia hehe. Recomendo a visita para passar o dia lá com certeza.

3 comentários em “Coimbra e Aveiro – Portugal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s