Batalha e Fátima – Portugal

Saímos de Óbidos direto para Batalha – ambos no estado de Leiria – e optamos pelo caminho sem pedágio pois aqui nas estradas sempre tem e são meio caros. Foram menos quilômetros rodados e apenas 15 minutos a mais pois vai por dentro de várias cidadezinhas ao invés de ir todo o trecho pela estrada e levamos 1 hora para chegar. Primeira parada em Batalha foi na Ponte da Boutaca de 1862 construída em estilo neogótico.

Ponte da Boutaca

De lá seguimos para o Mosteiro da Batalha e novamente não pagamos para entrar (assim como no de Alcobaça, a entrada é gratuita aos domingos e feriados para residentes). Ele foi construído em 1386 em estilo gótico – o meu favorito e se assemelha em partes com a Catedral de Notre Dame em Paris com suas gárgulas e arcos. Entramos pela parte da Igreja e o que mais me chamou a atenção foram os vitrais coloridos – um mais lindo do que o outro – refletindo no chão.

Mosteiro de Batalha

Na Sala do Capítulo fica o Túmulo do Soldado Desconhecido sendo guardado por dois soldados portugueses junto da chama da Pátria. Gostei muito dos detalhes do teto do lugar. Seguimos andando pelo Claustro Real – outro lugar super lindo mas sem dúvidas o meu lugar favorito foi o Panteão de D. Duarte ou as Capelas Imperfeitas. O lugar não chegou a ser finalizado, tendo assim um buraco no que seria o teto deixando o céu fazer parte do cenário. Ali, como em outras partes do Mosteiro, encontram-se túmulos de nobres portugueses. Fizemos uma breve pausa para tosta, sande de chouriço e sumo de laranja natural antes de seguir nossa viagem a Fátima.

Claustro Real
Capelas Imperfeitas

No caminho – mais especificamente na metade do caminho – existe um balanço com uma vista maravilhosa que recomendo muito que visitem, o Baloiço da Barrozinha!

Baloiço da Barrozinha

Mais quinze minutos e chegamos em Fátima no estado de Santarém, na Rua dos Pastorinhos aonde é possível passear pela Aldeia de Aljustrel e conhecer a casa aonde moraram os três videntes de Fátima: Lúcia e seus primos Jacinta e Francisco. Foram eles que viram pela primeira vez Nossa Senhora de Fátima e por isso é um local de extrema importância para os religiosos para peregrinação assim como o Santuário.

Falando em Santuário, o local é bem grande e tem diversos estacionamentos ao redor dele incluindo para aqueles que estão viajando de motorhome com direito a mesas para picnic e um vasto espaço. A entrada no Santuário é gratuita e costuma ficar bem cheio nos dias 13 pois é quando a santa foi vista.

Santuário de Nossa Senhora de Fátima

O lugar conta com uma Capelinha das Aparições aonde fica a imagem da Santa e duas basílicas: Basílica de Nossa Senhora do Rosário – a tradicional e a Basílica da Santíssima Trindade – super moderna além de outros lugares de interesse. Chegamos bem no horário da missa e assistimos um pedaço, sempre bom agradecer. Fim do dia, seguimos de volta para casa. Sempre bom passear e conhecer novos lugares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s