De Porto – Portugal a Barcelona – Espanha de campervan

DIA 18: PORTO – NAZARÉ

Pegamos a campervan da Indie Campers para 8 dias (€518 por casal) e foi super tranquilo. Já tinha reservado online e usamos a habilitação do Brasil mesmo. Tínhamos escolhido o modelo Califórnia mas no dia foi trocado para Active Plus.

Seguimos viagem nós dois primeiramente até Nazaré – 2 horas de viagem – com uma parada para comer em Aveiro e dormimos na Praia do Norte – famosa pelas ondas gigantes mas por ser verão estava sem onda hehe. O caminho teve bastante pedágio (€16), espero que não continue assim pelo resto da viagem.

Fim de tarde em Aveiro
Praia do Norte – Nazaré

DIA 19: NAZARÉ – LISBOA – PORTO COVO

Acordamos bem cedinho para buscar meu pai e a minha madrasta no aeroporto de Lisboa. Coisa boa!! Pegamos eles e fomos dar uma volta no centro de Lisboa. Deixamos a campervan num estacionamento (€12 – 6 por hora) e foi bem difícil achar um que ela passasse por causa da altura. Tomamos café da manhã no A Portuguesa (€11 o casal) e seguimos caminhando até a Assembléia da República.

Uhuu família reunida
Assembléia da República

No caminho para o Miradouro de Santa Catarina – que estava fechado para reforma – passamos na frente da Casa do Fernando Pessoa e da estátua dele também.

Seguimos para a Praça do Comércio e fomos para o Mercado da Ribeira comer algo. Quase em frente tinha uma obra de arte com latões de lixo, bem interessante. No mercado achamos um croquetes que pareciam bem gostosos na Croqueteria (€16 casal). Antes de chegar no mercado tirei uma foto com meu pai em frente a Marinha Portuguesa, achei bem legal ela refletindo na água.

Marinha Portuguesa
Mercado da Ribeira

Pegamos a campervan, fomos no supermercado (€33 casal) e fomos dar um pulo em Cascais para visitar a Lia e conhecer a Maia. Seguimos então por mais 2 horas até Porto Covo – uma praia linda – aonde dormimos. No jantar teve pizza de frigideira já que não deu para ir na Gergelim Pizzaria em Caraguá, ela veio até nós. Delícia!!

Gergelim Pizzas na campervan
Praia dos Buzinhos – Porto Covo

DIA 20: PORTO COVO – LAGOS – PORTIMÃO – LAGOA

Acordamos e fomos ver a Praia dos Buzinhos, bem bonita, gostei mas não nadamos porque a idéia era curtir as praias da região dos Lagos. Dirigimos por 1h30 até a Ponta da Piedade. O lugar tem várias trilhazinhas para acesso a praia ou a vistas incríveis. A cor do mar de lá é linda demais, fiquei boquiaberta com os diversos tons e com as pedras dando um toque todo especial.

Praia dos Buzinhos
Ponta da Piedade

Passamos a manhã toda na Praia do Camilo – surreal de linda e tem uma descidinha até chegar nela. Deu para dar a volta nadando e ir para uma parte isolada da praia, sem palavras. Bom demais. Descemos também na Praia Dona Ana, mais extensa mas muito bonita e cristalina também.

Praia do Camilo
Praia do Camilo
Descida para a Praia do Camilo
Praia Dona Ana

Quando a fome começou a bater fomos até Portimão e almoçamos no Café Brasil (€20 casal) – que apesar do nome não serve comida brasileira – e optamos todos pelo Bitoque.

O famoso – e delicioso – bitoque
Portimão

Seguimos viagem e achamos a Praia de Benagil para tomar banho mas dormimos na Praia da Marinha em Lagoa no Algarve. Ambas praias lindas que vale muito a pena conhecer. O jantar foi pizza de novo – nada mal!

Praia da Marinha
Hora da pizza

DIA 21: LAGOA (Portugal) – SEVILHA (Espanha)

Acordamos cedo e fomos pegar um barco para conhecer a costa do Algarve e ver o famoso buraco da Praia de Benagil. No dia anterior que chegamos, a ambulância estava socorrendo uma pessoa que tentou nadar até aonde tem o buraco na pedra e se afogou. Os locais não recomendam mas de manhã vimos pessoas fazendo isso – fica a seu critério. A gente decidiu ver de barco mas infelizmente eles não param na praia, então a melhor opção seria alugar um kayak ou SUP se quiser curtir só essa praia. O passeio custou 15 euros por pessoa e eu achei que valeu super a pena, foi lindo ver as falésias e durou cerca de 45 minutos.

Hora de deixar Portugal para trás e cruzar para a Espanha. Pela estrada não há imigração, apenas uma placa mostrando a divisão de país. O Vini dirigiu por 3h30 até Sevilha. Estacionamos perto da Plaza de España e fomos aproveitar para curtir esse lugar que é um dos meus favoritos em Sevilha.

Até breve Portugal – fronteira com Espanha
Parque de Maria Luísa
Família do Vini é de Almeria
Plaza de España
Amo esse lugar

Caminhamos até o La Brioche para comer algo, ele fica perto das universidades e foi super baratinho – 6 euros o casal. Comemos tipo um lanche, recomendo!

Fomos tentar subir na torre La Giralda mas infelizmente já era fim de tarde e estava fechado e só conseguimos conhecer a igreja mesmo. No balcão de informação nos passaram um lugar perto do porto que podia dormir mas tinha que pagar. No fim pagamos só para tomar banho (€5 nós quatro) e paramos no estacionamento do supermercado Aldi aonde aproveitamos para fazer compras (€22 casal). A idéia era sair a noite porém caiu uma chuva absurda e acabamos abortando a missão. A chuva só deixou ainda mais calor e foi bem difícil de dormir, tivemos que abrir as portas traseiras da campervan.

Torre da La Giralda
La Giralda

DIA 22: SEVILHA – GRANADA – ALMERIA

Acordamos e fomos tomar café da manhã com a Pilli (uma amiga espanhola da minha irmã) na Plaza de La Encarnacion ou Las Setas como chamam. Comemos uns churros, ficamos ali conversando um pouco e partimos para Granada.

Las Setas

Estacionamos e fomos andando por Albaícin – um centrinho antigo super charmoso – até chegar no Mirador de San Cristobal aonde se tem uma vista da cidade.

Albaicin
Mirador de San Cristobal

Caminhamos mais um pouco até o Mirador San Nicolas, esse tem uma vista sensacional da Alhambra. Descansamos um pouco ali e pegamos a campervan para ir até a Alhambra. Nós fizemos reserva online para as 18:30 visitar o Palácio Nasrides (€14.85 cada).

Mirador San Nicolas

A Alhambra tem várias coisas para visitar, você pode comprar ticket de tudo – que levaria um dia todo para conhecer – ou de alguma parte específica como fizemos. Eu achei muito linda a arquitetura do palácio e recomendo muito a visita. Ficamos umas boas horas lá dentro.

Seguimos até Aguadulce em Almeria aonde dormimos no estacionamento da praia, foi bem gostoso mas muito calor de novo. Ficamos bebendo, conversando e fazendo mais pizzas.

Ah, esqueci de comentar, a nossa campervan tinha chuveiro mas a armazenagem era bem baixa então dava para 2 pessoas no máximo tomarem um banho rápido. A gente teve que ficar enchendo a armazenagem nos postos de gasolina – alguns tinham que pagar, outros não.

DIA 23: ALMERIA – MOJACAR

Como estava muito calor fomos procurar alguma praia legal para irmos porém as mais legais tem que fazer trilha então acabou não rolando. Acabamos passando o dia na Playa de Agua Amarga, nada de mais mas foi gostoso se refrescar. Precisávamos de um dia de folga, principalmente o Vini que dirigiu todo o trajeto.

Playa de Agua Amarga

Fim do dia seguimos para Mojacar por uma estrada incrivelmente linda mas vimos algumas vilas abandonadas e vazias, não entendi o porque. A noite fomos jantar num restaurante argentino, estávamos precisando de comida. Comemos uma carne muito boa com direito a tinto de verano, sangria e cervejas lógico no La Estancia (€40 casal). Antes passamos num mercadinho (€20 casal) já que todos os supermercados estavam fechados porque era domingo.

Estrada linda
Mojacar
Jantar no La Estancia

DIA 24: MOJACAR – ALICANTE – VALENCIA

Acordamos cedo e seguimos por 2h30 até Alicante. Adorei essa cidade também, por enquanto junto com Granada foram minhas favoritas. Paramos no Castelo Santa Barbara, muito bonito e achei super legal ser totalmente gratuito. Fizemos umas pizzas ali no estacionamento mesmo para almoço hehe.

Castelo Santa Barbara
Vista do topo do Castelo

Seguimos então por mais 2hs até Valencia. Estacionamos a campervan em frente a Ciudad de Las Artes y Ciencias, uma parte toda moderna da cidade e andamos até o centro antigo.

Ciudad de Las Artes y Ciencias

Visitamos a Catedral de Valencia mas antes paramos para comer umas batatas fritas colocadas num cone – Las Fritas €2.90 cada. A catedral é muito bonita por dentro e bem antiga também.

Catedral de Valencia

Andamos até a Plaza de Las Virgens aonde fica a Basílica mas não entramos porque estava tendo missa. Fomos caminhando de volta e passamos pela Torre de Serranos aonde pegamos o ônibus para aonde estava estacionada a campervan (€1.50 cada). Dormimos no estacionamento do Alcampo Alboraya.

Plaza de las Virgens
Torre de Serranos

DIA 25: VALENCIA – BARCELONA

Ufa, hora de ir para a última parada dessa trip de 8 dias – Barcelona. 5 horas de estrada de Valencia a Barcelona. Estacionamos e fomos dar uma volta no centro. Passamos pelo El Born para chegar na Catedral de Barcelona.

Catedral de Barcelona
Pelas ruas de Barcelona

Fomos então ver as obras de Gaudi pela cidade começando pela Illa de la Discordia, Casa Batllo e depois La Pedrera. Infelizmente só vimos por fora porque não teríamos tempo de entrar em todas.

Casa Batllo
La Pedrera

Caminhamos umas boas quadras pelas ruas certinhas e bem alinhadas de Barcelona até a famosa Igreja da Sagrada Família que para quem não sabe ainda segue em construção. Assim que chegamos começou a chover então pegamos um ônibus de volta para o local que deixamos a campervan.

Igreja da Sagrada Família

Tentamos ir ver o Parc Guell porém foi impossível achar vaga para estacionar então desistimos. Eu já havia ido a Barcelona antes e deixo aqui o link para quem quiser saber mais.

Fomos até o Castell de Montjuic aonde deixamos a campervan para dormir. Meu pai e a Sô saíram para jantar e eu e o Vini fomos encontrar um amigo que conheci aqui em Sydney e meu primo alemão Alex para irmos para balada. Fizemos um esquenta na casa do Rô e seguimos para a Opium que fica na praia de Barceloneta. Foi super divertido, chapamos, demos boas risadas e mesmo sendo terça feira a balada estava animada. Adorei!!

Alex, eu, Rô e Vini na Opium

Para curar a bebedeira, fomos comer um hambúrguer no Burger Bus. Não lembro do gosto mas acho que foi bom haha. De lá pegamos um Uber para o Castell.

DIA 26: BARCELONA

Acordamos cedo, limpamos a campervan, deixamos meu pai e a Sô no aeroporto e coloquei os mochilões num locker lá pois a idéia era devolver a campervan e curtir mais um pouco de Barcelona pois nosso vôo para Londres era só as 21:40.

Feito isso, fomos devolver a campervan, lugar longe pra caramba e quando chego lá, quem me aparece? A minha mãe! Isso mesmo, a minha mãe surgiu de surpresa – tudo combinado com o Vini. Foi emocionante demais!

Passamos o dia em Sitges num restaurante de frente pra praia – El Navegant – matando as saudades. Te amo mãe! Depois ela nos deixou no aeroporto e pegamos um ônibus para o centro de Barcelona para dar mais uma volta.

Passeamos pelas Ramblas e comemos umas tapas no Cerveceria Catalana (amei!), compramos umas lembrancinhas e pegamos o ônibus de volta pro aeroporto e nosso vôo para Londres. Curti muito essa trip e adorei ter viajado de campervan por esses dois países lindos. Oito dias é pouco para conhecer bem todas as cidades mas deu para sentir um pouco do gostinho.

Foram 2400km rodados entre 14 cidades de 2 países dirigidos pelo meu namorado incrível e com a companhia maravilhosa do meu pai e da minha madrasta.

Investimos cerca de €1037.46 o casal para 8 dias:

Aluguel campervan: €518
Pedágio: €22
Alimentação e bebidas: €200
Estacionamento: €10
Transporte público: €20
Gasolina: €120
Passeio barco Benagil: €30
Alhambra: €29.70
Presentes: €25
Vôo Barcelona – Londres: €62.76

Um comentário em “De Porto – Portugal a Barcelona – Espanha de campervan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s