Mochilão Europa – Planejamento

A primeira dúvida de quem quer viajar no estilo mochilão é como programar. Assim como foi o Mochilão pra Ásia você tem que ter algumas coisas em mente.

1 – Tempo: quantos dias, semanas, meses você pode disponibilizar para essa viagem;

2 – Países/cidades que você quer ir: lógico que de início é uma lista enorme, mas monte uma lista por importância e depois olhe no mapa para ver quais são mais próximos e assim poder eliminar – ou adicionar alguns;

3 – Montar um pré-roteiro e pensar por qual país/cidade quer chegar e por qual vai retornar de acordo com a lógica preferencialmente. As passagens aéreas de longa distância geralmente são mais baratas se você sai e volta pelo mesmo país mas ás vezes vale pagar um pouco a mais e voltar por outro destino para ganhar mais tempo;

4 – Cotar transportes: Eu geralmente uso site do Skyscanner para passagens aéreas (para qualquer canto do mundo) e o GoEuro para trens e ônibus dentro da Europa. Uma vez com valores cotados, você vai ajustando para um dia a mais ou a menos para sempre pegar os melhores valores;

5 – Analisar se os valores estão dentro do esperado, ajustar roteiro e então reservar a passagem de chegada e saída da Europa com máxima antecedência. Passagens entre os países principalmente se você tem um tempo limitado – no meu caso serão 4 semanas – podem ser reservadas cerca de um mês antes da viagem (mas se puder/quiser antes, pode também);

6 – Passagens compradas, próximo passo é agendar acomodação. Dependendo da época do ano, verão na Europa – junho a agosto – por exemplo, é muito importante já agendar tudo com antecedência – para garantir bons preços e disponibilidade;

7 – Comprar seguro saúde para o seu destino;

8 – Fazer um cartão de viagem internacional, sempre usei essa opção nas minhas viagens por ser prático pois transfiro dinheiro da minha conta na Austrália, direto para esse cartão na moeda do país que irei. Ouvi dizer que o Transferwise – um famoso app de transferência bancária – também tem esse serviço porém ainda não utilizei. O cartão que eu tenho é do meu banco aqui na Austrália. Não pago taxa nenhuma para transferir somente para fazer saque no país caso seja necessário – mas mesmo assim taxa muito inferior a usar o cartão da minha conta. Eu sempre levo um pouco em espécie também por via das dúvidas;

9 – Passagens compradas, acomodação reservada – Europa é muito famosa pelos incríveis hósteis, ideal para quem vai viajar sozinho e quer conhecer gente na mesma vibe, seguro comprado, cartão de viagem feito, última parte é fazer o mochilão!

Eu consigo tranquilamente viajar com uma mochila hoje em dia e o legal é que se você for viajar de trem pela Europa não tem um limite de peso. As companias aéreas geralmente estabelecem um peso – cerca de 7kg – para bagagem de mão mas o que mais importa mesmo é o tamanho não ser fora do padrão.

Para escolher o que levar, tem que pensar com praticidade e checar o clima da onde você vai. Menos é mais nessas horas e você sempre acaba comprando uma blusinha, uma roupa em algum destino, então vá com espaço sobrando.

Quer saber quanto irá investir? Clique aqui
Quer saber qual foi o meu roteiro? Clique aqui

Me acompanhe no instagram @ca.pelo.mundo para mais dicas!!

2 comentários sobre “Mochilão Europa – Planejamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s