Nusa Islands – Indonesia

DIA 1:

Agendei com o Ketut – o mesmo que me ajudou em Bali – para me pegar no hotel e levar até Sanur e de lá peguei um barco para Nusa Lembongan. Ele me levou até o cais, desceu e comprou meu ticket e me entregou. Com certeza é mais barato se comprar direto lá. Paguei 60 AUD o barco mais o transfer de Ubud a Sanur Harbour.

O barco chega na praia de Mushroom Bay e meu hotel – The Sunjaya Lembongan – ficava a alguns minutos caminhando de lá. Fiz meu check in e fui dar uma volta a pé para explorar. Segui até a Sandy Bay Beach que era impossível entrar pois o mar parecia bem bravo por ali.

Mushroom Bay Beach
Sandy Bay Beach

Logo do lado tem a Devil´s Tear, uma parte bem rochosa aonde o mar bate e sobe toda a água. Tem que tomar cuidado para não ir na beira pois nunca se sabe quando virá uma onda. Fiquei ali curtindo o momento um pouco, bonito de ver a força da natureza.

Segui mais uns 15 minutos até a Dream Beach e o nome praia dos sonhos faz jus mesmo. Super linda! Aproveitei para almoçar um chicken satay com vista pra praia no Cafe Pandan e tomar um suco de abacaxi natural e delicioso. De sobremesa pedi um sorvete de morango que estava muito bom também.

Digestão feita, desci para a praia mesmo tendo placas para tomar cuidado com a correnteza. Fiquei sentada um tempo na areia deixando só o mar chegar em mim por via das dúvidas. Não consigo ver uma praia bonita e não querer me molhar hehe. De lá voltei pro hotel e aproveitei o fim do dia na piscina.

Dream Beach
Piscina do hotel

DIA 2:

Acordei cedo e fui explorar a ilha vizinha – Nusa Ceningan. Aluguei uma scooter no hotel mesmo e fui. As ilhas Nusa Lembongan e Ceningan são ligadas por uma ponte chamada Yellow Bridge – porque esse nome hein?! rs

Yellow Bridge

Cruzando a ponte é possível ver um enorme cultivo de algas que achei bem interessante.

Fui seguindo em direção a Secret Beach e em menos de 10 minutos estava lá. A praia é incrivelmente linda mas o mar super forte e fundo também, fiquei apreensiva de entrar. Decidi entrar bem no cantinho quando vi uma tartaruga, mas foi um mergulho e sai.

Secret Beach

De lá fui até o Ceningan Cliffs aonde tem um restaurante bonitinho com vista pra terceira ilha Nusa – a Nusa Penida. Tomei um suco e segui até a Blue Lagoon que de lagoa não tem nada. Super bonita, azulzinha, mas bem agitada. Cada vez que entrava uma onda na baía o mar ficava todo branquinho por conta da força da água.

Vista para Nusa Penida
Blue Lagoon

Ali perto tem o o “pico dos surfistas” chamado Mahana Cliff. Comprei mais um suco natural e fiquei olhando a galera surfar. Fiquei horas por lá curtindo a vibe. Nunca tinha visto uma onda tão longa, não consigo nem descrever. Ah, e vocês devem achar que sou doida de tomar tanto suco rs mas é que na Austrália é raro achar suco natural então eu aproveitei o máximo que pude.

Depois dei a volta e fui pra praia Secret Point que fica ali mesmo aonde o pessoal surfa, na foto abaixo dá para entender melhor. De lá voltei pro hotel e devolvi a scooter. Quando estava na hora do pôr do sol corri até Devil´s Tear e valeu super a pena, muito lindo ver o sol se pôr no mar. Eu amo!

Secret Point
Pôr do sol em Devil´s Tear

DIA 3:

Acordei e fechei um pacote para fazer snorkel e conhecer a Nusa Penida. Infelizmente o lugar que eu queria ir – Angel´s Billabong – estava inacessível porque o mar estava agitado por lá então fomos até Gamat Bay e Crystal Bay. No caminho os golfinhos deram as caras, foi bem legal! O snorkel foi bonito mas estava um pouco nublado então não muito claro.

O barqueiro me levou depois para uma parte muito interessante em Nusa Lembongan chamada Mangrove Forest. São muito metros de coral, super clarinho e lindo! Ele me deixou numa parte e fui nadando fazendo snorkel até encontrar ele metros depois. Super recomendo!

Mangrove Forest

A noite fui num lugar super local jantar. Mesmo pedindo para não ser apimentado acho que no pré preparo já colocam pimenta e fica forte de qualquer forma. o cardápio era todo em balinês mas como eu já estava há uma semana na região conseguia entender o que queria comer. Bom e barato!

Restaurante local
Mie goreng

DIA 4:

Acordei cedo e peguei meu barco de volta para Sanur aonde fiquei mais um dia antes de voltar para Sydney. Adorei conhecer as ilhas Nusa e com certeza vou voltar.

Hora de ir embora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s