Koh Samui – Tailândia

Atravessar de um lado para o outro da Tailândia não foi uma jornada fácil, ainda mais extremamente doente como eu estava. Foram 2 horas de barco de Koh Phi Phi para Krabi, 1 hora de espera em Krabi, 2h30 de ônibus de Krabi para Surat Thani, mais 1 hora de espera em Surat Thani e 45 minutos de barco até Koh Samui. Muita gente pergunta como reservar tudo isso. A própria empresa – nesse caso Lomprayah – faz todas as conexões para todos os cantos e em qualquer hotel ou agência dá para comprar. Eu comprei em Krabi como comentei anteriormente mas depois fui direto na agência deles para não ter que pagar comissão.

Koh Samui já é uma ilha bem maior e tivemos que pegar um transfer (100 BHT) para o Hutcha Resort. O tempo estava bem nublado e eu estava super doente, ainda com muita febre, que foi ótimo para ficar no quarto descansando e bebendo muita água para me recuperar. Meu amigo até foi comprar algo para eu jantar e remédios, mas a comida não desceu.

20151205_124447.jpg
Dia chuvoso no Hutcha Resort

Esqueci de comentar que quando estávamos no píer em Surat Thani esperando o barco vimos golfinhos bem pertinho de nós, e o mais incrível foi o golfinho cor de rosa que eu nem sabia que existia. No começo achei que era uma bóia mas foi chegando cada vez mais perto e deu para ver claramente o casal, um cinza e um rosa. Pelo menos algo bom aconteceu nesse dia cheio de dor.

No dia seguinte acordei quase melhor e choveu o dia inteiro. Como não tínhamos ficado nenhum dia sem fazer nada esse foi o dia escolhido para ficar na cama descansando com o barulho da chuva lá fora. Só levantamos na hora do almoço para comer algo no The Fish Restaurant ali pertinho do hotel, pedi um arroz sem tempero e foi isso. No caminho de volta passamos em frente ao Chinese Temple e assim foi o nosso dia. A chuva continuou forte o dia todo.

PC051919.JPG
Chinese Temple

Finalmente depois de 2 dias de cama, acordei bem e cheia de fome. Alugamos uma scooter na rua do hotel (150 BHT o dia) e fomos direto no escritório da Lomprayah comprar o ticket para Koh Phangan (300 BHT por pessoa).

De lá fomos ver o Big Buddha. Na entrada eles dão uns roupões caso você não esteja com roupa apropriada. Adorei o meu laranja haha! De lá fomos até o Wat Plai Laem que fica na beira do mar, bem bonito – não entrei até o fim por respeito pois estava de shorts e regata e nesse templo não tinha roupões.

IMG_4621
Big Buddha
IMG_4634
Wat Plai Laem
IMG_4648
Wat Plai Laem

Começou a chover de novo e acabamos comprando uma capa no 7 Eleven. Foi só colocarmos a capa que a chuva passou, não usamos nem 5 minutos. Haha.

pc061924.jpg
Capa de chuva cor de rosa

Seguimos até a Chaweng Beach, principal praia da ilha, cheia de restaurantes, barzinhos e lojinhas, gostei da vibe de lá mas queríamos explorar um pouco mais antes de descansar então continuamos nosso caminho sem rumo.

pc061927.jpg
Chaweng Beach

Vi uma placa para Silver Beach e foi a minha praia favorita lá, cheia de pedras, menorzinha, aconchegante e apaixonante. Ficamos ali um pouco e continuamos nossa jornada. Pra chegar lá foi a maior aventura, pegamos um desvio e fomos parar num mirante em frente a um campo de golf. A vista compensou a aventura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Silver Beach

Seguimos até Na Mueang Waterfall 2. Pegamos um 4×4 para subir até a cachoeira (100 BHT) e nadamos um pouco. Na parte principal, a água é meio escura, andamos um pouco mais para baixo e achamos essa da foto escondida. Cachoeira super forte! Por lá tem diversas coisas para fazer, mas não gostei de nenhuma já que é tudo exploração com os animais – incluindo os elefantes. Triste ver esses enormes animais sendo maltratados, vi com meus próprios olhos o cara machucando ele, chorei e só quis ir embora dali.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Waterfall

Voltamos para pegar o resto da tarde na Lamai Beach e no caminho para o nosso resort vimos um hotel super legal com uma vista linda – mas infelizmente não anotei o nome. . Ele é cheio de artesanato. Paramos para tomar um côco e voltamos para o nosso hotel e ficamos até escurecer na praia em frente Mae Nam Beach. Antes de voltar para o quarto, ainda nadamos mais um pouco na piscina.

pc061970.jpg
Lamai Beach
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
View Point
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Mae Nam Beach

Fomos jantar no The Fish Restaurant de novo, dessa vez já consegui comer melhor. Aproveitei para ir numa lan house ali na rua passar as fotos da câmera para um cartão de memória extra que eu levei. De lá como ainda estávamos com a scooter, fomos até as lojinhas de Chaweng Beach comprar umas coisinhas.

No dia seguinte de manhã, tomamos café e pegamos o speed boat até Koh Phangan – 20 minutos. Eu gostei de Koh Samui mas se estivesse com mais dinheiro iria para Koh Tao para fazer o curso de mergulho pois lá é o lugar mais barato do mundo para isso. No fim foi bom para descansar e me recuperar de ter passado mal. Também não posso dizer muito pois não peguei sol de verdade, então as praias não estavam tão bonitas.

 

Um comentário em “Koh Samui – Tailândia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s