Tokyo e Fuji – Japão

Yeaaaaaaaaaaaah!!! Tokyo!!! Essa sempre foi uma cidade que queríamos muito conhecer por saber que foge de tudo que é comum e estamos acostumados a ver e não me desapontou nesse quesito. 

Chegada em Tokyo

Acordamos cedo e fomos direto pro Sakura Hostel Asakusa deixar a mochila e o carro pois sabia que os estacionamentos em Tokyo são caros e difícil de achar vaga. Já era hora do almoço então comemos ali pela região de Asakusa mesmo e confesso que eu me apaixonei pelo bairro. Acredito ter sido a região ideal para ficarmos pois tem vários restaurantes e feirinhas, adorei mesmo.

Don Quijote em Asakusa

Para dar uma variada no cardápio, comi num restaurante italiano chamado Pronto, bem em frente ao McDonald´s e ao lado da onde teríamos que pegar o nosso primeiro metrô.

Mapa do metro

Nosso destino era Akihabara, o paraíso dos eletrônicos! Estávamos em busca de uma câmera a prova d´água e mais umas outras coisinhas e achamos tudo lá, por um bom preço e o melhor, por estar com visto de turista, tínhamos direito ao tax free. O tax free é a isenção de impostos para o turista, porém nem todas as lojas tem, portanto escolha grandes redes e pergunte antes de comprar e se aplica somente a eletrônicos e alguns outros itens, alimentação e transporte estão fora da lista. O que eu achei demais é que aqui – como em tudo que eles fazem – eles são super práticos e simples. Basta mostrar seu passaporte com o visto que eles já descontam o valor do imposto ao invés de reembolsar como em diversos países europeus.

Akihabara

De lá seguimos para o maior mercado de peixes do Japão, o Tsukiji, mas infelizmente já estava fechado, fiquei bem chateada pois estava doida para conhecer. Fui me informar e lá só funciona bem cedinho. Como lá é pertinho de um dos jardins mais bonitos, fomos conhecer o Hama-rikyu Gardens. A entrada é paga mas vale a pena principalmente se forem na primavera. É um enorme jardim com árvores antigas e lagos bem no meio da cidade, foi de tirar o fôlego. Tire pelo menos uma hora para conhecer o local.

Árvore de mais de 300 anos
Flores no meio da cidade
Árvores, árvores e mais árvores

Da entrada do parque também dava pra ver a Nakagin Capsule Tower, um prédio antigo que na época da sua construção era futurístico e foi quando começou a idéia dos hóteis/escritórios em capsulas facilmente achado em toda a cidade.

Nakagin Capsule Tower

Já era fim de tarde quando voltamos para Asakusa ainda a tempo de pegar a principalmente feirinha aberta que por ser outono fecha mais cedo. No fim da feirinha fica localizado o Santuário de Asakusa, lindo e cheio de detalhes. Como já disse, a região de Asakusa é demais, um lugar que realmente todos devem conhecer em Tokyo. Fica pertinho da Sky Tree também.

Feirinha de Asakusa
Santuário de Asakusa

Contraste com a Sky Tree

Chegamos no hostel e descansamos um pouco para aproveitar a noite também. A fome era enorme e não podíamos pensar em outro lugar que não o Sushiro (já falei dele em outros posts). Pegamos o carro e fomos jantar e depois seguimos para a região de Odaiba para ver alguns prédios diferentes da cidade como o Tokyo Big Sight e o prédio da TV Fuji. E nada me surpreendeu que tinha um enorme robô chamado Gundam em uma praça próxima aos prédios.

Tokyo Big Sight
TV Fuji ao fundo
Robô Gundam

Continuamos nossa caminhada até a Statue of Liberty, sim sim, eles tem uma cópia em Tokyo também, presente dos franceses (vai entender?!) e a Rainbow Bridge, como o próprio nome diz uma ponte com as cores do arco-íris. Como já era um pouco tarde as luzes já estavam apagadas e a ponte estava branca. Mais uma dica pra quem for pra região de Odaiba, ir antes das 21hs para pegar tudo aceso. Mesmo assim valeu super a pena. De lá voltamos pro hostel…

Statue of Liberty
Rainbow Bridge

No dia seguinte levantamos cedo e fomos conhecer o Imperial Palace aonde mora o Imperador Akihito. Para nossa surpresa o acesso ao parque é gratuito e somente em uma determinada época do ano que pode-se visitar o palácio – e infelizmente não era outubro. Caminhamos por todo o parque que  tem até uma pequena floresta de bambus, então a visita é válida.

Caminhando pelo parque
Bambus

O dia estava lindo, um sol de rachar e somente algumas nuvens então decidimos subir o Tokyo Metropolitan Government Building. É um prédio com duas torres de 202 metros de altura com uma vista linda da cidade e o melhor de tudo é gratuito! Em dias ainda mais limpos dá até para ver o Monte Fuji, surreal.

Tokyo Metropolitan Government Building
Lá do topo

Seguimos nosso caminho e deixamos o carro em Shibuya pois a nossa noite seria por lá e caminhamos até Harajuku aonde as pessoas se vestem super diferente, ou melhor SUPER diferente e até fantasiadas. Não deixe de ir na Takeshita Street para se surpreender.

Pelas ruas de Shibuya

Voltamos para Shibuya para ver a estátua do famoso cachorro Hachiko, quem não assistiu o filme tem que assistir, uma estória emocionante demais para contar em poucas linhas. Bem em frente fica o mais movimentado e doido cruzamento que eu já vi na vida sem falar nos neons, muita luz, painéis, uma loucura. Acredito que só caiu a minha ficha que estava em Tokyo quando atravessei essa rua, muito doido. Não preciso nem dizer que nos divertimos indo de um lado pro outro…

Olha o tanto de gente vindo
Hachiko

Já estava de noite, fome batendo e a vontade de curtir o sábado a noite em grande estilo. Fomos para um bar chamado Alcatraz bar, em uma viela escondida no bairro de Shibuya, no segundo andar de um prédio que quase parecia abandonado. O bar é uma prisão e um manicômio junto, todo temático, assim como diversos outros por aqui. Só de subir no elevador já dá um medo enorme por causa da música, pouca luz e não é diferente quando a garçonete vestida de enfermeira cheia de sangue te atende na porta.

Prisão

Os coquetéis tem os nomes e formatos mais estranhos e o mais legal é que pudemos mudar do manicômio pra prisão durante o tempo que ficamos lá. Curti bem mais a prisão e achei mais divertido. Tínhamos que bater um cacetete de ferro nas grades para chamar a garçonete e em alguns segundos lá estava ela. Os meninos pediram um shot de tequila e para nossa surpresa depois de beber você leva um tapa da garçonete, isso mesmo, um tapa! Lá é tudo muito doido e tem que ir com a mente aberta para as coisas mais estranhas e diferentes. Vou parar por aqui de contar para não tirar toda a graça de quem um dia for visitar. 

Nós atrás das grades
Cardápio super diferente
Suco de cérebro

E não para por aí…. Depois de muitas bebidas, alguns tapas e um pouco de comida fomos buscar o carro que estava a cerca de 20 minutos caminhando do bar. Chegando lá, meu primo percebeu que tinha esquecido a chave do carro no bar haha. Ele e minha prima voltaram “correndo” para pegar e ainda estava lá com eles, que riram de nós por ter esquecido a chave. É incrível a educação e respeito dos japoneses. Minha prima outro dia esqueceu o iPhone dele no banheiro de um pub que fomos e só depois de um bom tempo se deu conta disso. Quando voltou no banheiro, estava exatamente aonde ela deixou. Povo honesto! Exemplo a ser copiado.

Comemos em um konbini e paramos em um posto no meio do caminho para dormir. Já de manhã, pegamos novamente a estrada para irmos pra casa. Na volta o tempo estava bem mais limpo que na ida e paramos em Fuji novamente. Fomos até o lago Kawaguchiko e para a nossa alegria conseguimos ver o Monte Fuji, todo imponente. Foi emocionante esse momento! Tiramos algumas fotos, curtimos o momento e pé na estrada de novo. Mais algumas horas e estávamos em casa. Amei essa viagem! Japão é realmente surreal e com certeza voltarei pra lá!!!

Monte Fuji ao fundo
Fim da viagem. Tchau Fuji

2 comentários sobre “Tokyo e Fuji – Japão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s