Ljubljana e Postojna – Eslovênia

Cheguei cedo na estação mas tive que esperar bastante pois o ônibus atrasou cerca de 2 horas. Faz parte né?! Eurolines! Embarquei e como estava super cansados, capotei.  Foram 5 horas de viagem até a capital da Eslovênia. Cheguei de madrugada (por volta das 3 da manhã) e já tínha deixado um táxi reservado pois não teria transporte público para chegar no hostel.  Achei meu quarto e dormi, dessa vez numa cama confortável. Vila Veselova Hostel, anotem esse nome! Excelente hostel, bem localizado, café da manhã muito gostoso e a dona é super simpática, assim como as recepcionistas, acabamos até virando amigas. 


Triple bridge e Franciscan Church of the Annunciation
 
Nunca tinha ouvido falado nada a respeito da Eslovênia então tive que pesquisar o que fazer e não planejei ficar muito tempo, parei mesmo por ser no caminho para Itália (me arrependi depois de não ter ficado mais). Fiquei interessada em visitar o Lake Bled, as cavernas em Postojna e conhecer a capital Ljubljana (o j se pronuncia como um i) mas só tinha um dia e meio. Tomei café e fui até a recepção falar com a recepcionista pra pedir dicas do que seria o melhor a fazer quando de repente um rapaz atrás de mim disse que tinha alugado um carro com uma amiga e passaria o dia em Postojna para visitar um castelo e poderia me deixar nas cavernas. Não tive nem que pensar duas vezes pois não deu nem tempo de decidir. Corri para trocar de roupa e pegar a camêra e os encontramos no estacionamento.
 
Postojna fica cerca de 1 hora de Ljubljana e deu tempo suficiente para conversarmos bastante no caminho, Anna e Chengzhe são australianos e super gente boa.  Acabei decidindo ir até o castelo com eles.  O Predjama Castle foi construído em uma rocha para que não pudesse receber ataques surpresa. A vista de dentro dele e as mil e umas passagens secretas são muito bonitas e curiosas.
Predjama Castle
Mil e um caminhos dentro do castelo

De lá eles teriam que voltar para Ljubljana porque já tinham visitado as cavernas e iriam seguir viagem. Agradeci a carona, peguei o contato deles e fui almoçar num restaurante que eles recomendaram que fica na entrada da Postojna Cave pois o próximo tour seria em 40 minutos.

Entrada da Caverna


Postojna Cave! Definitivamente maravilhosa e sem palavras. Peguei um trenzinho por cerca de 15 minutos que me levou bem para o centro da caverna, um passeio que me deixou boquiaberta. Não tem fotos ou palavras que descrevam a sensação e a beleza do local.

Trenzinho

 


Caminhei com um guia por uma hora e meia dentro da caverna e ele foi explicando o porque das diferentes tonalidades e formas. Realmente um passeio que recomendo a todo mundo fazer. A forma mais econômica é já comprar o ticket para as duas atrações (Castelo + caverna).


Quando o passeio acabou teria que voltar para Ljubljana de trem. Perguntei na recepção qual seria o próximo – em 15 minutos. A recepcionista disse que era fácil de chegar na estação mas que levaria uns 20 minutos pelo menos e o próximo trem seria em 2 hs. Olhei para um lado, olhei para o outro e vi um rapaz entrando no carro, era de uma empresa de turismo e na caruda pedi carona. Anos e anos que não fazia isso haha. O rapaz muito simpático falava inglês, assim como a maioria das pessoas na Eslovênia, e me deixou na estação. De carro demorou 10 minutos e era uma subida enorme, que sorte a minha. Comprei o bilhete na estação mesmo e embarquei. De trem levou um pouco mais de uma hora, mas é um passeio super agradável. 

Cheguei em Ljubljana e ainda estava claro então fui dar uma volta na cidade a pé. A cidade é bem pequenininha e charmosa, confesso que se tornou uma das minhas favoritas. Todo mundo fala inglês, tudo muito limpo e organizado. Não se vê pixação ou pessoas mal educadas. Um verdadeiro exemplo! 

Preseren Square

Comecei o passeio passando pela praça principal da cidade Preseren Square e segui em frente até chegar a Catedral da cidade. Cheia de detalhes, a começar pela porta. Caminhei beirando o Rio Ljubljanica até a Dragon Bridge. Eles tem duas pontes bem interessantes e bonitas, uma é a que acabei de citar e a outra fica bem em frente a Igreja Franciscana e é chamada de Triple Bridge. 

Entrando na Catedral – detalhes da porta
Dragon Bridge

Paraei para comprar os souvenirs e subi até o Castelo. Rodeo lá em cima um pouco mas como já estava anoitecendo e estava ficando com fome resolvi descer. Peguei o funicular para descer (demora 1 minuto) e chega na praça Krek que fica em frente ao Mercado Central (que infelizmente já estava fechado). 

Ljubljana Castle
Descida de funicular

Como disse anteriormente, a cidade é um charme e mesmo sendo segunda feira todos os barzinhos e restaurantes estavam abertos e cheios. Parei para beber algo no Camino Bar que fica do lado do rio e de lá voltei para comer no hostel. Do hostel dá para ir caminhando até o centrinho, leva cerca de 10 minutos. 

Depois de um dia cheio, cheguei no hostel, pedi uma pizza e a Vandana (proprietária do hostel) me ofereceu uma bebida e ficamos até tarde conversando. Arrumei a mala e deixei tudo pronto pois a van sairia as 8 da manhã para Itália.

26° país – Eslovênia: CHECK! 



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s