Milão – Itália

E a última cidade italiana que visitamos foi Milão, a capital da moda e não era nem 8.30 da manhã e já estávamos na Milano Centrale apesar de ser o trecho mais longo que fizemos na Itália (Bolonha – Milão 2h30). Pegamos um mapa na estação e fomos para o Hotel Valley deixar as mochilas e foi decepcionante o atendimento por lá, mas enfim, a localização era bem boa.

Como a cidade é grande tivemos que montar um roteirinho para conseguir otimizar o tempo. Começamos pela principal atração da cidade: Catedral de Milão. A duomo é maravilhosa, de tirar o fôlego e fica bem em frente a Galeria Vittorio Emanuele II que também nos deixou de queixo caído com tanto detalhe e beleza, difícil descrever.

Milano Duomo
Galeria Vittorio Emanuele II

Sentimos uma diferença muito grande do tratamento e da energia do pessoal do sul e do norte. Fomos muito bem recebidos e nos sentimos mais a vontade em Roma e Florença, diferente de Milão. Pelas nossas andanças na cidade, achamos um lugarzinho bem aconchegante cheia de estudantes locais que vendia um salgado maravilhoso chamado panzerotti. O mais divertido foi que apesar de todo o luxo da cidade, por ali se comia sentado no chão mesmo. Recomendo a visita ao Luini Panzerotti. 

Panzerotti
Todo mundo sentado no chão 

Passamos em frente ao Teatro alla Scala e adorei o detalhe das placas por ali, uma referência ao grande Leonardo da Vinci. E como na Itália o melhor a fazer é comer e tomar gelato, paramos para nos refrescar na famosa e tradicional gelateria Grom. Acho que olharam tanto pro meu sorvete que derrubei ele logo ali na saída e desisti de pegar a fila de novo – acabei comprando outro gelato a alguns metros dali. 

Teatro alla Scala
Detalhe da placa
Gelato
Outro gelato 

O Castelo Sforza é definitivamente um lugar para fazer um picnic e passar uma tarde curtindo o lugar, muito gostoso e acolhedor apesar do seu enorme tamanho. Ficamos conversando e descansando ali antes de seguir ao último ponto: Ago, filo e nodo – uma escultura colocada em frente a estação de Cadorna depois da reforma representando as 3 cores das linhas do metrô e também o lado fashion da cidade.

IMG_2361.JPG
Entrada do castelo Sforza
Ago, filo…
…e nodo.

A noite fomos no supermercado comprar umas coisinhas para comer e nos preparar para a aventura no continente africano: Marrakech! 🙂 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s