Roma – Itália

O post já começa com uma dica importante, fique mais do que dois dias em Roma! Mesmo assim, dois dias não são nem perto de suficiente para conhecer Roma.

Pegamos o trem da Trenitália saindo de Nápoles no dia 9 de maio a noite e levou umas 2 horas para chegar em Roma. Essas viagens mais longas nós já tínhamos comprado com antecedência pois a Treinatália estava com uma promoção excelente, algo como 9 euros o trecho.

Chegando na estação central (Termini) fomos em busca do hostel e já tinha ouvido muito mals dos hostels em Roma, dito e feito, o que ficamos foi o pior de toda a viagem – se não da minha vida. Vou dar o nome para não reservarem nem por engano – Overseas B&B. A região próxima ao hostel também não é muito aconchegante mas como estávamos em quatro pessoas, foi tranquilo.

Deixamos as malas no hostel e fomos dar uma volta, inacreditável como a cidade é maravilhosa, você literalmente tropeça em monumento a cada esquina que anda. O berço da civilização, um banho de cultura e conhecimento, aprendi muito, me apaixonei. Acabamos caminhando até a Fontana di Trevi e aproveitamos para jogar a moedinha (dizem que tem que jogar uma moeda de costas pra fonte para retornar a cidade) pois realmente espero voltar lá. No caminho de volta para o hostel paramos para tomar um gelato – o famoso sorvete italiano pois mesmo a noite estava calor.

100520122000.jpg
Fontana di Trevi
Hora do gelato

Levantamos cedo, tomamos “café da manhã no hostel” (dois biscoitos, um suco de caixinha e uma fruta) e partimos para explorar a cidade com ajuda de um mapa pois a cidade enorme. Como tínhamos pouco tempo, tivemos que nos programar bem e optar pelo o que seria obrigatório na nossa viagem e o que ficaria para a próxima. Roma é uma cidade que eu não consigo definir em palavras, não acho nenhuma capaz de descrever a sensação de pisar lá e a beleza do lugar, tem que ir pra saber.

 
Queríamos muito ver logo de cara o Coliseu e essa foi a nossa primeira parada, uma grandiosidade sem fim. Compramos o ticket para entrar e fiquei muito feliz por acreditarem em mim e me darem o desconto mesmo sem o passaporte para provar – europeu de 18 a 25 anos tem desconto no ticket. Ficamos explorando o Coliseu por um bom tempo e de lá seguimos a caminhada pois o Foro Romano estava fechado para visitação infelizmente. 
 
Arco de Costantino e Coliseu
Dentro do Coliseu
Detalhes
IMG_1290.JPG
Coliseu
A cidade é enorme, o calor estava de matar então pegamos um ônibus até próximo da Piazza Navona, da onde a gente estava até dá para ir caminhando, algo como 20 minutos de caminhada. Acabamos almoçando por lá no Tre Scalini, eu optei por um gnocchi e de sobremesa um gelato – mais típico impossível. Recomendo mais tomar gelato nas sorveterias pequenas, na verdade não há necessidade de recomendar uma sorveteria em questão pois em qualquer uma que paramos, o sorvete era espetacular e o preço semelhante então não se preocupe.
 
Piazza Navona

 

Quattro Formaggio Gnocchi 
Cioccolato Gelato
ee.jpg
Hora do almoço – Tre Scalini

 Voltamos caminhando até a enorme construção de mármore branco que passamos no caminho com o ônibus pois parecia impressionante – Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II. Os famosos carabineris estavam por lá também. Paramos rapidinho para uma foto e corremos para pegar o próximo ônibus até o Vaticano.

IMG_1361.JPG
Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II
Carabineri

Não preciso mencionar a grandiosidade do lugar né?! É simplesmente de tirar o fôlego entrar na Basílica de São Pedro, uma energia boa. Enquanto estávamos na fila vimos que não podia entrar com os ombros de fora, então tivemos que comprar uma camiseta de lá mesmo. A visita e a espera na fila valem a pena mas Infelizmente não deu tempo de subir na cúpula, dizem que é maravilhoso. Demos uma volta pelo Vaticano, uma olhadas nas lojinhas e também ficou para próxima a visita ao Museu para ver a Capela Sistina, é eu sei, difícil ter ido até lá e não ter visto, mas como disse, é uma cidade que faço questão de voltar.

Basílica de São Pedro
Piazza San Pietro
Detalhes do Vaticano
Linda cúpula

De lá fomos até o Castel Sant´Angelo e o sol e o calor estavam muito forte, a pausa para o gelato era a cada esquina. O que emagrecemos andando, engordamos comendo hehe.

A ponte que cruza o rio Tiber e liga até o castelo é muito bonita também e leva o mesmo nome Ponte Sant´Angelo.

Castelo Sant´Angelo
Ponte Sant´Angelo

Andamos beirando o rio até a Piazza del Popolo e depois até a Piazza di Spagna aonde ficam os famosos Degraus Espanhóis. Depois de passar o dia andando só nos restava ir para o hostel arrumar as malas e partir para Florença – outra maravilhosa cidade italiana.

Corte Suprema di Cassazione
Abraço grátis na Piazza del Popol
f.jpg
Piazza di Spagna lotada

Definitivamente preciso voltar e rever muita coisa, foi muita informação para 1 dia e meio mas até pisar lá eu não tinha noção de como seria surreal, maravilhosa e espetacular essa cidade. Roma, me espera que eu volto!


Um comentário em “Roma – Itália

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s